Chamada perdida

Chamada perdida

Alô Pedro? Desculpa pelos vários sms e ligações. É que eu to nessa cidade a 3 dias e não consigo falar com você.  Tomei a decisão de me arrumar e bater na sua porta. Sei que você odeia isso, mas hoje é meu ultimo dia aqui e eu preciso te ver. Acho que to me arrependendo, e se você não tiver em casa? Sou uma louca né?  Mas já peguei o ônibus e to na metade do caminho, to passando agora na frente daquela pizzaria que você adora. Será que paro pra comprar uma margherita?  Pedro me atende, eu não quero voltar pra casa com um coração quebrado e uma caixa vazia na mão.  Lembra da nossa primeira conversa no ônibus? Acho que tem um casal fazendo a mesma coisa aqui atrás, estão todos olhando para eles, espero que seja pra eles e não para  a sem noção aqui falando no celular sozinha.  Peraí que tem alguém ligando na linha dois… pronto , era só um amigo me chamando pra ir pra lapa, quer ir também? Ah não, você não gosta né? Então vou passar na locadora, rezar pra achar um filme que você não tenha visto e alugar, também vou passar na padaria e comprar um sonho gigante pra gente, que tal? Mas eu não conheço nada do seu bairro, vou ficar perdida e já pensou se demoro tanto que você sai de casa. Esse ônibus tá demorando demais pra chegar, bem que te disse que você morava mal. Olha só, a menina vai sair no próximo ponto e o cara não vai fazer nada, não acredito nisso. Pedro, já vi essa historia antes, será que falo pra ele ir atrás dela?  Posso dizer que sou ele no futuro e contar tudo q vai acontecer.. hm, melhor não, vai que ele acha que vai virar uma mulher e desiste da garota.  Alô Pedro, acho que to chegando, acho que to perdida, na verdade acho que to enlouquecendo. Pedro, atende Pedro. Fique feliz de ouvir minha voz e me busca no ponto.
Não deixe eu ir embora, por favor,  não deixe eu ir embora de novo.

Anúncios