Goteiras do amor

Goteiras do amor

tumblr_lqvxvrazyV1qmazl2o1_500

Poderia ser saudade, talvez amor
mas eu ainda acho que foi cansaço.

No meio daquela semana nublada, com aquele chove não molha no céu e junto com meu eterno ódio das quartas-feiras, eu lembrei de você.
Lembrei da nossa viagem no verão passado. Aquela casa de praia velha, cheia de goteira que deixava passar quase toda a chuva em cima do sofá.
Aquela viagem que teve como primeira frase um “meu deus, essa viagem não vai dar certo” e deu.
Desistimos do sofá e resolvemos ver TV no quarto mesmo.

Nos adaptamos ao adaptável para o nosso bem, pra não estragar o momento, pra dar tudo certo.

Poderia ser saudade, talvez amor
mas eu ainda acho que foi cansaço…

por eu tentar me adaptar ao que já não era dava mais. As goteiras não vinham mais de telhas quebradas de uma casa antiga de Búzios, mas dos nossos corações quebrados, em pedaços.

Poderia ser saudade, talvez amor
mas eu ainda acho que foi o cansaço…

que me fez desligar o celular e inventar uma desculpa quando você mandou um SMS dizendo que tinha comprado um balde e um super bonder pra acabar com a chuva.

Anúncios
Doces segundas

Doces segundas

             Image             Segundas-feiras nos mostram que o descanso de domingo já acabou e é hora de voltar pra rotina. A vida não é o conto de fadas que você sonha.  Você precisa estudar, trabalhar, cuidar da casa e viver. Elas renovam o espirito como um banho frio de manha e no meio da tarde você já se esqueceu da ressaca, dos telefonemas de madrugada e do salto quebrado. Segundas foram feitas para lembrar que o final de semana valeu a pena e por querer que chegue logo a próxima, além de que nos mostra que temos fôlego de sobra para voltar a fazer as coisas de sempre.

Chuvosa, radiante, chata, cansada, feliz, cada um faz a sua segunda feira do seu modo, há pessoas que odeiam, há outras que adoram. Mas o que seria da sexta se não existisse a segunda?  Com certeza, ela não seria tão esperada.

Tenho pena da segunda, coitada, ela é tão odiada. Mas passei a ver as segundas como recomeços.  Ela traz uma nova semana, novas conquistas, novas dietas, novos projetos.  Pode vir junto com um corte novo,  uma ligação pendente da semana passada, uma mudança de clima.

Admito,  não gosto das segundas, meu humor nesse dia é exatamente o oposto do meu final de semana. Se o sábado foi maravilhoso, a segunda será terrível. Acontece, que tenho que  te dizer, amigo, que as segundas feiras estão ai, para serem amadas e odiadas como tudo da nossa rotina.

Que tal na próxima, só na próxima, você não tente fazer sua segunda-feira diferente, dê uma chance para ela. Com certeza você vai se surpreender com a sua magia.

Se não fossemos nós, seriamos outros

Se não fossemos nós, seriamos outros

cidade

Nossos beijos, nossos abraços, nossas juras de amor eternas. Aquele momento em que passeamos na praia conversando até você me beijar. Todos aqueles encontros inevitáveis, trocas de olhares. Todas as vezes que eu quis te ver e você não quis. Tudo que era tão nosso, coisas nossas, somente nossa, e se não fossemos nós, seriam outros.

Eu com um, você com outra

Não teríamos aquelas brigas, aqueles encontros intermináveis, aquela vontade de nos ver. Eu ia querer encontrar o João e você a Maria. Outros beijos, outras pessoas, outros lugares, outras conversas, outras confissões, outras promessas.
Junto com os outros vem o talvez, com a gente vem a certeza. Eu sei o que você quer, eu sei o que eu quero e os outros só são os outros. Não sei o que eles querem, mas sei que tudo que nós temos é de um, é de nós. Talvez até a gente contasse das nossas aventuras de amor, mas seriam aventuras com outros, não nossas . O nosso é tão mais bonito, tão interessante.
É engraçado, você está do outro lado e eu aqui, pensando em nós, enquanto poderíamos estar com outro alguém. Como seria nossa vida com outros? Não sei, mas eu to gostando na nossa vida do “nós” .

Se não fossemos eu e você, seria eu e ele, você e ela. Seriamos outros, somente outros.